Colecção Petitjean com alguns “saldos”



Procura no último leilão da RM/Sothebys foi elevada… os valores nem tanto.

Terminou o leilão online da Colecção Petitjean. No total, a RM/Sothebys facturou mais de 20 milhões de euros pelos automóveis vendidos (91% do catálogo). Alguns a preço “normal”. Mas muitos que há pouco tempo se poderiam dizer ser “saldos”.
Na hora de fazer o balanço, não faltam exemplos de automóveis que ficaram muito mais baratos do que aquilo que se esperava. Entre os mais valiosos e no lote dos mais acessíveis.
Mesmo com a advertência – comum a todos os lotes – de que “os automóveis da Colecção Petitjean estão em exibição estática há muitos anos. Como tal, nenhum dos veículos está em condições de funcionamento e todos eles precisarão de manutenção mecânica para funcionar em condições de estrada”, seria de esperar que os valores fossem mais elevados.
Exemplos do que dissémos? Há muitos: um Jaguar E-Type Fixed-Head 3.8, de 1963 (um Série I, portanto), por € 67.000, um Lotus Elan Plus +2S 130, de 1972, por € 11.500 ou um Jensen Healey, de 1973, por € 8.000.
E que dizer dos italianos? Um Lancia Fulvia Coupé, de 1966, por € 8.750 e um Fiat 850 Spider Bertone, de 1967, por € 7.300, são valores baixos, mas nem tanto, relativamente, como os € 21.000 pagos pelo Alfa Romeo Giulia GT1300 Junior Zagato, de 1972 (1.117 unidades fabricadas).
Mesmo nos automóveis de maior valor, como o Porsche 904, o Mercedes 300 SL e os Lamborghini, os valores estiveram longe do que a leiloeira esperava: € 759.000 pelo 300 SL Roadster, 630 mil euros pelo Porsche, menos 20 mil euros do que pagou o comprador do Lamborghini Miura P400. Contrariando a tendência, o Countach LP400, de 1979, foi arrematado por 410 mil euros, quando dele não se esperava mais do que 300 mil.
Previsto inicialmente para decorrer em Essen, o leilão da Colecção Petitjean parece vir confirmar algo que diversos analistas têm vindo a chamar a atenção: os leilões online servem para dar continuidade à actividade, mas a distância física entre os compradores e os automóveis não favorece o preço de venda.
Colecção Petitjean com alguns “saldos” Colecção Petitjean com alguns “saldos” Reviewed by Auto Vintage on 12.6.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.