Velocidade: novo ano vencedores "antigos"



Arranque da temporada nacional de Clássicos no Estoril.

João Macedo Silva (Clássicos), Bruno Pires (Clássicos 1300) e Luís Barros (Legends) foram os primeiros na jornada inaugural da temporada de 2019 da Velocidade nacional. Vencedores já habituados aos triunfos em épocas anteriores.
A primeira das duas corridas de domingo até nem começou da melhor maneira para João Macedo Silva e o seu Porsche 911 RSR, preparado pela Aurora: um arranque menos feliz, fez o Porsche ser ultrapassado pelo Ford Escort de Rui Costa, que liderou até à segunda volta.
Macedo Silva chegou à liderança e a partir daí foi dilatando a sua vantagem, que no final era de quase 20 segundos, para o Porsche de Pedro Bastos Rezende, que se colocou à frente do pelotão dos Ford Escort.
A segunda corrida voltou a consagrar Macedo Silva, com vantagem idêntica, desta feita seguido dos Escort de Rui Costa e de Joaquim Jorge, que se superiorizaram ao Porsche de Bastos Rezende.
Entre os menos de 1300 – que correram em conjunto com os de maior cilindrada –, na primeira corrida, Bruno Pires, no seu Datsun 1200, chegou ao final em primeiro, deixando José Fafiães em segundo, a 13 segundos.
Repetiu-se o resultado, no que diz respeito aos dois primeiros, na segunda corrida, mas desta feita com apenas dois segundos a separá-los no final das sete voltas que efectuaram.

Com uma grelha própria (com 19 automóveis), os Legends tiveram duas corridas totalmente dominadas por Luís Barros e o seu Ford Sierra RS 500, em ambas com larga vantagem para o Volvo 850 dos irmãos Eduardo e Miguel Monteiro e para a Volvo 850 T5 Estate, de Nuno Figueiredo.
Velocidade: novo ano vencedores "antigos" Velocidade: novo ano vencedores "antigos" Reviewed by Auto Vintage on 16.4.19 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.