"Nacional" de Regularidade



António Ramos-Ivo Tavares (VW Golf GTi) venceram o último rali do Campeonato.


A dupla António Ramos-Ivo Tavares, em VW Golf GTi, venceu o Rali Vidreiro Histórico, derradeira prova do Campeonato Nacional de Ralis de Regularidade Histórica (CNRRH) de 2017. Com esse resultado, os campeões nacionais de 2015 garantiram o vice-campeonato deste ano.
Estando já entregues os títulos de campeões nacionais de 2017 – a Paulo Marques, entre os pilotos, e João Martins, entre os navegadores  – foram eles, no habitual BMW, os primeiros a liderar o rali organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande. E, até final, foi também a dupla Marques-Martins a que mais luta deu aos futuros vencedores do rali.
Nunca separados por grande distância, o ordenamento de primeiro e segundo só ficaria estabelecido em definitivo perto do final, com a dupla do Golf GTi, no total, a penalizar menos seis segundos do que o BMW.
António Ramos e Ivo Tavares garantiram assim o segundo lugar no CNRRH, lugar ao qual também aspiravam os vencedores da prova anterior, Pedro Morais-Sílvia Coutinho, que desta feita não foram além do quarto posto final, atrás de Nuno Nunes-Júlia Nunes, em Porsche 911, que foram sempre muito regulares e que conseguiram traduzir num lugar no pódio uma evolução que tem sido constante época após época.
Não sendo uma dupla (nem um automóvel) habitual nas provas do CNRRH, Luís Santos e Rui Martins, num Alfa Romeo Alfasud 1.5 Ti, chegaram a estar no pódio, mas, apesar de perderem posições na segunda secção, terminaram no último lugar do "top five".



Fotos de Rui Correia





"Nacional" de Regularidade "Nacional" de Regularidade Reviewed by Auto Vintage on 20.11.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.