Automotoretrò de Turin



Sob o signo da FCA Heritage


Decorreu no fim-de-semana a Automotoretrò 2017, a 35ª edição do salão de Clássicos da cidade de Turin. Uma edição que, naturalmente, ficou marcada pelos modelos italianos, tendo servido para que a FCA Heritage, o recém-criado departamento de Clássicos do Grupo Fiat-Chrysler, tenha marcado presença em força.
Foram oito os modelos que a FCA Heritage colocou em exposição nos pavilhões da Lingotto Fiere: dois Alfa-Romeo (o 2600 Sprint, de 1962, e o 2600 SZ Prototipo, de 1963), dois Fiat (o 1100, de1948 e o 700 Prototipo, de 1940), dois Lancia (o Flaminia Coupé, de 1958 e o Flaminia Loraymo, de 1960) e dois Abarth (o 1000 Bialbero, de 1963, e o 1000 Monoposto Record, de 1960).
Particular destaque mereceu, também, o Lancia Delta HF Integrale, pois o certame coincidiu com os 30 anos da estreia do mítico automóvel no Mundial de Ralis, mais exactamente no Rally de Monte Carlo de 1987.

Dez Delta com as cores da Martini, a par de modelos com as cores do Jolly Club e da Grifone chamaram a atenção dos que apreciam automóveis mais recentes.
Automotoretrò de Turin Automotoretrò de Turin Reviewed by Auto Vintage on 6.2.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.