Rota das Vindimas: a antiguidade triunfou

 

Jorge Santos Silva-Helena Silva levaram o Ford A (de 1930) à vitória na “Geral”.


A dupla Jorge Santos Silva-Helena Silva, em Ford A, de 1930, venceu a edição de 2020 da Rota das Vindimas. Numa prova onde a Geral final é determinada pelas penalizações de estrada mais o handicap correspondente ao ano de fabrico da viatura, a dupla de Vale de Cambra foi a melhor no somatório das duas vertentes.

Levada para a estrada com os condicionalismos de todos conhecidos, a sétima edição da Rota das Vindimas, promovida pela Vintage Celebration e este ano com direcção desportiva do Parallel Velocity Club, disputou-se exclusivamente no Douro com partida em Lamego e chegada em São João da Pesqueira.

Nas quase duas centenas de quilómetros do percurso estavam incluídas as 14 Provas de Regularidade (PR) que ditaram o resultado final.

Na estrada, a dupla menos penalizada acabou por ser Pedro Carregosa-Ekta Sureschandre, em Jaguar Xk2, de 1960, com 240 pontos, menos 11 do que o Saab 99L, de 1973, de Abílio Gonçalves-Maria Antónia Gonçalves, equipas que, respectivamente, venceram a Categoria E e a G.

Terceiros no ordenamento gerado pelas penalizações na estrada (a cinco segundos do Saab) e, depois de somado o handicap, na mesma posição na Geral Ponderada, ficaram Carlos Seara Cardoso-Ricardo Seara Cardoso, que à entrada para a derradeira PR estavam em primeiro, posição que perderam em resultado de uma ligeira saída de estrada nessa “especial”.

Mantendo a sua tradição de trocarem de viatura de ano para ano – mudando agora de dos habituais Lancia por um belo Triumph TR4, de 1964 – aqueles que continuam a ser os recordistas de vitórias na Rota das Vindimas voltaram a casa este ano com o triunfo na Categoria F e o, já referido, terceiro posto na “Geral”.

Nas pontuações na estrada só depois aparece a dupla Jorge Santos Silva-Helena Silva, com mais 22 pontos do que o Jaguar menos penalizado. Desvantagem que não lhe retirou o triunfo absoluto (e na Categoria D), uma vez que o Jaguar era 30 anos mais novo do que o Ford A.

Como quintos na estrada e vencedores da Categoria H ficaram os espanhóis Manuel Montenegro-Adolfo Gonzalez Almuiña, que tal como no passado (em que também venceram esta categoria) alinharam com um Porsche 911 Carrera.

Nos próximos dias voltaremos a este tema.



Pedro Carregosa-Ekta Sureschandre


Carlos Seara Cardoso-Ricardo Seara Cardoso

Abílio Gonçalves-Maria Antónia Gonçalves

Manuel Montenegro-Adolfo Gonzalez Almuiña

Fotos de João Paulo Martinho e de Rita Albuquerque


Rota das Vindimas: a antiguidade triunfou Rota das Vindimas: a antiguidade triunfou Reviewed by Auto Vintage on 28.9.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.