O G.P. de Portugal do distante ano de 1958



Circuito da Boavista foi o palco da corrida de 24 de Agosto.


Quando estamos a dois meses do regresso da Fórmula 1 a Portugal, após 24 anos de ausência, lembramos aquela que foi a primeira prova nacional do escalão máximo do Automobilismo: faz hoje 62 anos, tendo como palco o Circuito da Boavista.
Verdade seja dita que esta também é uma oportunidade para recordar o “desaparecido” Circuito da Boavista, recuperado em 2005 e que se manteve “activo” até 2013, ainda e sempre com os adeptos com a esperança de que um dia regresse…
Mas voltemos a 1958, à estreia da Fórmula 1 em Portugal, corrida integrada no programa do VII Grande Prémio de Portugal.
Com 15 automóveis em pista (o norte-americano Phil Hill e o português Casimiro de Oliveira estiveram inscritos mas não alinharam), aquela que foi a nona e antepenúltima prova do Campeonato do Mundo de 1958 foi totalmente dominada pelo britânico Stirling Moss, em Vanwall, que rubricou o melhor tempo dos treinos e venceu a corrida, com um pouco mais de cinco segundos de vantagem para o segundo classificado, o britânico Mike Hawthorn, em Ferrari, autor da melhor volta em corrida e no final do ano campeão mundial.
Completou o pódio o segundo piloto da Vanwall, Stuart Lewis-Evans, numa prova onde alinharam verdadeiros mitos da História do Automobilismo, como Jean Behra, Wolfgang von Trips, Jack Brabham, Graham Hill, Roy Salvadori, Jo Bonnier e, até, o mítico Carroll Shelby, ainda antes de se retirar das pistas e transformar-se num dos mais célebres preparadores de todos os tempos.
O G.P. de Portugal do distante ano de 1958 O G.P. de Portugal do distante ano de 1958 Reviewed by Auto Vintage on 13.8.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.