Nicha Cabral (1934-2020)



Partiu aquele que foi o primeiro piloto português na Fórmula 1.

Mário Manuel Veloso de Araújo Cabral, nas pistas conhecido como Nicha Cabral, faleceu hoje em Lisboa. Aquele que foi o primeiro português a alinhar num Grande Prémio de Fórmula 1, partiu aos 86 anos, deixando para trás uma vida repleta de corridas.
Nascido na cidade do Porto, a 15 de Janeiro de 1934, Mário de Araújo Cabral fez a sua entrada no mundo do Automobilismo pela porta dos Ralis, modalidade que rapidamente trocou pela Velocidade.
Daqui a seis dias cumprem-se 61 anos sobre a data em que, no Circuito de Monsanto, ao volante de Cooper-Maserati T51, fez a sua estreia num Grande Prémio, que terminou na décima posição.
Alinhou em mais quatro grandes prémios – Portugal 1960, Alemanha 1963, Itália 1963 e Itália 1964 – mas sempre sem concluir, devido a problemas mecânicos com as máquinas que tripulou.
A sua carreira ficaria marca por um grave acidente, em 1965, numa prova de Fórmula 2 corrida em Rouen, o que o afastou das pistas durante bastante tempo.
A sua carreira desenvolveu-se depois entre os carros de Turismo, GT’s e Sport, tendo alinhado em Vila Real, em 1971, ao volante do Porsche 917 de David Piper, que levou à segunda posição, e fazia parte da equipa oficial da Lola, em 1972, quando a mesma se retirou da prova por ter falecido o seu “patrão” Jo Bonnier.
Tendo também integrado o Team BIP, nos anos 70, foi nessa década, entre Portugal Continental e Angola, que terminou a sua carreira enquanto piloto.
Mantendo-se sempre por dentro do mundo automóvel, voltou às pistas, numa corrida reservada a VIP’s, no Circuito da Boavista de 2009.
No seu livro “Carros e Pilotos”, de 1972, Francisco Santos escrevia sobre o piloto agora desaparecido: “Nicha Cabral é o mais brilhante e o mais representativo piloto internacional português”.
Nicha Cabral (1934-2020) Nicha Cabral (1934-2020) Reviewed by Auto Vintage on 12.8.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.