Monte-Carlo Historique: tudo em aberto até final



Ausência de neve deixa primeiros classificados separados por diferenças mínimas.

Disputadas que estão 10 das 15 zonas de regularidade, o Rally Monte-Carlo Historique de 2020 parte para a recta final com tudo em aberto. Na paragem que hoje teve lugar, a meio da Etapa Comum, lidera o dinamarquês Henrik Bjerregaard, navegado pelo checo Jaromir Svec, com um Ford Escort RS2000.
A dupla do Escort nº 110, que já comandava no final da Etapa de Classificação (então com seis ZR já disputadas), mas então com uma vantagem ligeiramente superior para os segundos classificados, que eram então os dinamarqueses Lars Hindsgaul-Arne Pagh, em Fiat 128 Coupé, que mantêm nessa posição.
Também o último lugar do pódio é ocupado a meio da Etapa Comum pela mesma dupla que ali se encontrava no final da Etapa de Classificação: os espanhóis Zorrilla-Hierro-Gutierrez-Dominguez, em VW Golf GTi.
Quando o rali parou, a meio da Etapa Comum, a presença espanhola no "top ten" era aliás maioritária, uma vez que Ochagavias-Macho (Porsche 911 T 2.4) eram quintos e Cosin-Martinez-Huarte (Lancia Fulvia HF 1.6) nonos. Isto para não falar da fantástica prova de Mia Bardolet, navegado por Eloi Alsina Dot, no Seat 1400 "oficial", que lidera entre os mais antigos, sendo 17º da "Geral".
Qualquer uma desta equipas – e provavelmente todas as que estão nos 20 primeiros lugares – ainda poderão sonhar com a vitória.

Resta esperar o que nos reservam as três zonas de regularidade restantes da Etapa Comum (que se reinicia às 5:30 de amanhã) e as duas da Etapa Final, que se disputa na madrugada de terça para quarta-feira.
Monte-Carlo Historique: tudo em aberto até final Monte-Carlo Historique: tudo em aberto até final Reviewed by Auto Vintage on 3.2.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.