Alfa 8C 2900 Touring "campeão" de 2019



Vendas milionárias em leilão registaram queda assinalável.


Começando a caminhar em direcção a 31 de Dezembro, começa a ser tempo de fazer balanços ao que foi o ano de 2019. Um ano diferente, em matéria de leilões internacionais, com a Artcurial a ter registado a venda de maior valor: o Alfa Romeo 8C 2900 Touring Berlinetta, vendido por 16,5 milhões de euros.
Foi em Paris, à margem da Rétromobile, que a Artcurial conseguiu o maior valor por um Clássico em 2019. O Alfa Romeo de 1939 foi então vendido pelos referidos 16,5 milhões de euros, valor que superou os habituais "clientes" das primeiras posições, os modelos da Ferrari.
O 250 GT LWB California Spider, vendido pela Gooding & Company em Pebble Beach, e o 250 GT SWB Berlinetta do catálogo da RM/Sothebys para Monterey, foram os modelos que completaram o "pódio" dos Clássicos, vendidos respectivamente por nove e sete milhões de euros.
Isto num ano em que o automóvel vendido em leilão por valor mais elevado… não foi um Clássico. Esse título foi para o McLaren F1 "LM Specifications", de 1994, que mudou de mãos por cerca de 18 milhões de euros.

Tendo o dólar como divisa de referência, em 2019 venderam-se 160 automóveis por mais de um milhão, face a 188 em 2018. Como vimos, apenas um por mais de dez milhões, face a cinco no ano anterior, no qual quatro automóveis ultrapassaram os 20 milhões.
Alfa 8C 2900 Touring "campeão" de 2019 Alfa 8C 2900 Touring "campeão" de 2019 Reviewed by Auto Vintage on 20.12.19 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.