Leilões do Arizona igualam vendas de 2018



Algumas das estrelas dos catálogos ficaram por vender

Na hora de fazer o balanço, os leilões do Arizona igualaram os resultados de 2018. No total, movimentaram-se 251 milhões de dólares, face a 248 milhões de há um ano. Mas esse valor total esconde uma outra realidade: várias das vedetas dos catálogos não encontraram comprador.
Este ano foram colocados à venda no Arizona 3.294 automóveis, 2.660 foram vendidos. Uma percentagem de 81%, face aos 84% de 2018.
Mas, se se olhar ao detalhe, foram os automóveis de menos de 250 mil dólares os que mais contribuíram para o total.
Como era de esperar, foram modelos da Ferrari os mais caros, com a Gooding & Company a levar a palma.
A leiloeira norte-americana vendeu, por 7.595.000 de dólares, um Ferrari 250 GT SWB, de 1963, por 5.890.000 dólares um 250 GT TdF Coupe, de 1958, e 5.395.000 de dólares um 250 MM Spider, de 1953. No entanto, o Ferrari 275 GTP Protótipo de Monte Carlo ficou por vender, pois ninguém ofereceu por ele mais do que 4,75 milhões, muito pouco para convencer o vendedor.
Também a RM/Sotheby's, que teve como "recordista" um Ferrari 288 GTO Coupe, de 1985, vendido por 3.360.000, mas não encontrou comprador para o Ferrari 250 GT Coupe Speciale, de 1957, que esperava vender por mais de 11 milhões.

Apenas a Bonhams vendeu o automóvel que destacava como capa do seu catálogo, o Maserati A6G 2000 Spider, carroçaria Frua, de 1951, que foi arrematado por 2.755.000 dólares.
Leilões do Arizona igualam vendas de 2018 Leilões do Arizona igualam vendas de 2018 Reviewed by Auto Vintage on 21.1.19 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.