Ferrari 250 GTO: um recordista anunciado



Automóvel estabeleceu um novo máximo para uma venda em leilão.


Mais de 40 milhões de euros. Para ser mais exacto, 48.400.000 dólares (que, ao câmbio actual, correspondem a 41,6 milhões de euros). Foi esse o valor pago pelo comprador do Ferrari 250 GTO que foi leiloado no fim-de-semana em Monterey. Um recorde em leilão, mas menos de metade do que pagou em Junho David MacNeil pelo seu 250 GTO.
Mais de 48 horas depois do leilão, continua a não ser conhecida a identidade do comprador do Ferrari que até sábado (e desde o ano 2000) era propriedade de Greg Whitten, antigo executivo da Microsoft, que se encontrava na sala e que, festejando com champagne, se dizia "muito contente com a venda".
Não mais de 12 minutos foi quanto demorou a licitação, tendo sido ultrapassado o que se anunciava como o valor mínimo (os 45 milhões de dólares), mas longe do máximo (60 milhões) que alguns anunciavam como possível.
Seja quem for o comprador, vai-se juntar à restrita lista de onde constam nomes como Ralph Lauren, Nick Mason ou Peter Sachs (neto do fundador da Goldman Sachs founder Samuel Sachs). Há, até, quem tenha dois como os homens de negócios Tony Wang, Rob Walton e Sir Anthony Bamford.

Menos sonantes, mas nem por isso menos significativas no mundo dos Clássicos, foram outras vendas de Monterey (de que daremos conta nos próximos dias), como um Duesenberg ou um Aston Martin a ultrapassarem os 20 milhões de dólares.
Ferrari 250 GTO: um recordista anunciado Ferrari 250 GTO: um recordista anunciado Reviewed by Auto Vintage on 27.8.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.