Chuva de milhões



Leilões de Monterey estabeleceram novos recordes.

É certo que se tratavam de modelos únicos, normalmente com largo historial desportivo, mas o que se passou em alguns leilões da semana de Monterey ultrapassou tudo o que se previa. Uma autêntica "chuva de milhões".
Mais de 22 milhões de dólares foi quanto pagou o comprador do Aston Martin DBR1, de 1956, o primeiro dos cinco fabricados. Tornou-se no automóvel britânico mais valioso.
O Porsche mais caro de sempre, um 917K com a cores da Gulf (carro de testes para Le Mans e, depois, estrela no filme do mesmo nome, produzido por Steve McQueen), chegou aos 14 milhões de dólares.

E, já agora, o conjunto dos 13 automóveis apresentados como a Ferrari Performance Collection, renderam, no total, mais de 16,5 milhões de dólares. O mais caro foi o 250 GT SWB, de 1961, vendido por 8.305.000 dólares.
Chuva de milhões Chuva de milhões Reviewed by Auto Vintage on 21.8.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.