Bianchina, o Furgoncino Dezoito anos depois



Um dia, do já longínquo ano de 1996, o meu Filho Tiago chega a casa e faz-me uma pergunta fatal: “não queres comprar uma carrinha Bianchina?”. Como em muitas outras ocasiões, nessa noite dormi muito mal e, no dia seguinte, a primeira coisa que fiz foi ir vê-la.(…)


–––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––

Texto completo disponível na edição impressa da Auto Vintage nº 44 e 45, à venda nas bancas de todo o país, ou para assinantes da edição da Auto Vintage na Net".

Não encontra a sua Auto Vintage nas bancas? Indique-nos (autovintage@write-on.pt) a localidade onde a pretende comprar que o/a informamos sobre os locais de venda mais próximos.


Pretende fazer a sua assinatura (€ 17,50) da Auto Vintage na Net? Envie-nos um email para autovintage@write-on.pt para mais questões ou faça-a aqui mesmo!
Bianchina, o Furgoncino Dezoito anos depois Bianchina, o Furgoncino Dezoito anos depois Reviewed by Auto Vintage on 11.2.15 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.