A continuação da Alvis



Não é um modelo… é uma gama completa, de cinco opções diferentes


Como bem o sabem os leitores habituais deste site, os modelos "Continuation" estão na moda. As marcas anunciam a recuperação dos planos originais de um modelo exclusivo, dão conta da existência de stock de peças da época e anunciam o fabrico de automóveis novos… que parecem os antigos. Há uma marca, a Alvis, que não tem um modelo. Tem uma gama completa, com cinco modelos, de nomes Graber, Bertelli, Park Ward, Lancefield e Vanden Plas.
Quase um século depois da sua fundação, em 1919, e 50 anos depois de ter deixado de fabricar automóveis – a Alvis começou por ser absorvida pela Rover, em 1965, e depois, enquanto fabricante de automóveis, "dissolveu-se" em 1967 na British Leyland – a marca do triângulo vermelho foi uma das vedetas do recém realizado Salão de Londres, onde se apresentou com os referidos cinco modelos, movidos pelo motor Alvis, um seis cilindros em linha, de 4,3 litros, concebido em 1936 (embora agora dotado de injecção e ignição electrónica e estando de acordo com as actuais normas anti-poluição).
Estimando-se que venham a ser fabricados apenas 25 unidades de cada modelo, para ficar com uma melhor ideia do que é hoje a gama da Alvis, nada como visualizar o vídeo institucional da marca.


Vídeo e Fotos: Alvis Car Company


A continuação da Alvis A continuação da Alvis Reviewed by Auto Vintage on 8.3.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.