Historique Enduence em Valência



Duas vitórias para Bastos Rezende-Pais do Amaral, no Porsche preparado pela Garagem Aurora


As duas corridas da Iberian Historique Endurance, marcadas para o Circuito Ricardo Torno, em Valência, marcaram o início de actividade para alguns pilotos da Velocidade nacional. Num Porsche 911 preparado na Garagem Aurora, a dupla Pedro Bastos Rezende-Miguel Pais do Amaral venceu as duas corridas, com maior ou menor oposição.
Na primeira das duas corridas, disputada no sábado, o piloto convidado chileno Juan Pablo Briones, também em Porsche 911, graças a uns pneus mais eficientes, assumiu a liderança, que manteve até cerca de oito minutos do final da corrida, altura em que o Porsche nº 60 chegou ao primeiro lugar, absoluto e da respectiva categoria (H1976).
Esta corrida terminou com os espanhóis Gutierrez-Fuster, em Porsche 911 2.5 S/T, a vencerem entre os H1971, enquanto que entre os mais antigos (os H1965) o triunfo ia para o Bizarrini de Georg Nolte, à frente de António Noguera (em Lotus Elan).
No "Index de Performance – classificação que resulta de uma fórmula que pondera o resultado com a antiguidade e a cilindrada do automóvel –, o primeiro lugar era assegurado pela única dupla japonesa em pista (Fujita-Ando), com um Alfa Romeo Giulia GTA.
Já no domingo, na segunda corrida, e depois do Porsche do piloto chileno ter tido problemas na volta de formação, o domínio foi total da dupla Bastos Rezende-Pais do Amaral.
Na sua categoria, foi interessante a prova de Miguel Ferreira, que ganhou muitas posições com o seu Ford Escort RS1600, até chegar ao terceiro posto, altura em que a mecânica o obrigou a desistir.
Dessa forma, na categoria H1976, a segunda posição ficou para os espanhóis Zorrilla-Moreno, completando o pódio os portugueses Carlos Brizido-João Pina Cardoso.
Entre os H1971 repetiu-se o triunfo de Gutierrez-Fuster, seguidos de Roberto Diaz-Rincon, em Alfa Romeo GTAm, e de José Carvalhosa-Piero Dal Maso, em Porsche 911 2.0-S.
Nos H1965, Georg Nolte voltou a vencer com o Bizzarini, tendo novamente como principal opositor o Lotus Elan de António Noguera, completando o pódio a dupla ibérica Torres da Silva-Álvaro Rodriguez, em Porsche 911 SWB.
Por último, o triunfo no Index of Performance, a vitória foi para o Porsche 356 das irmãs Iria e Maria Fernandez.



Fotos de António Paquete


Uma interessante grelha no arranque da temporada


Os japoneses Fujita-Ando, em Alfa Romeo Giulia GTA


As irmãs Iria e Maria Fernandez, vencedoras do Index de Performance
Historique Enduence em Valência Historique Enduence em Valência Reviewed by Auto Vintage on 7.3.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.