Monte Carlo: Decremer resiste



Antes da Etapa Final, ainda está tudo em aberto

A equipa belga Michel Decremer-Yannick Albert, em Opel Ascona 2000, conseguiu chegar ao Mónaco, no final da Etapa Comum, na primeira posição, mantendo a liderança que tinha a meio da tirada. No entanto, as diferenças entre os primeiros ainda são diminutas e na Etapa Final tudo ainda pode mudar.
Tendo começado menos bem a ligação entre Valence e o Principado, o Opel nº 25 terminou a etapa da melhor forma, vencendo a Zona de Regularidade (ZR) nº 12, o que permite ter à partida para a derradeira etapa com uma vantagem de 170 pontos.
A segunda posição é agora ocupada pelos italianos Gian Mario Fontanella-Stefano Scrivani, em Fiat 128 Rally, que saltaram dois lugares na madrugada de ontem.
Outra equipa italiana, a dupla Silvio Perlino-Alessandro Olivieiri, em Opel Kadett GT/E completa o pódio no final da Etapa Comum, com apenas 10 pontos de vantagem para os dinamarqueses Toni Hansen-Per Brodersen, em Audi 80 GLE.
Com 540 pontos a separarem o primeiro do décimo lugar, muitas alterações ainda poderão ocorrer nos 26,89km de Lucéram-Lantosque (ZR 13) e nos 52,79km de La Bollène Vésubie-Moulinet-Sospel (ZR 14).
A partida para a Etapa Final terá lugar às 21:00 de hoje, verificando-se o regresso a Monte Carlo ao início da madrugada.

Entretanto, os dois portugueses que participam no rali continuam em prova: António Caldeira, que navega Jean-Pierre Verneuil, está em 66º e Carlos Tavares ocupa a posição 109.
Monte Carlo: Decremer resiste Monte Carlo: Decremer resiste Reviewed by Auto Vintage on 31.1.17 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.