Lister: o renascer de uma marca



Costin Continuation correrão em Portimão.

Para quem conhece a história do automobilismo desportivo, em particular o britânico, o nome Lister diz muito. A pequena empresa, criada em 1954 por Brian Lister, levou até às pistas diversos carros competitivos, em especial os Lister-Jaguar, que ainda hoje vencem nas mais importantes corridas de Clássicos.
Três dezenas desses modelos originais, com motor Jaguar ou motor Chevrolet, vão reunir-se a 18 e 19 de Março de 2017, para correrem no 75º Members Meeting de Goodwood, numa corrida que promete muita emoção e que terá como prémio o Troféu Scott Brown, o piloto que, a par de Stirling Moss, mais longe levou o nome dos Lister.
Mas, por estes dias o nome Lister não se resume às corridas com automóveis de outros tempos.
Tendo sido das primeiras marcas (após a compra por Lawrence Whittaker) a aderirem à moda da chamadas séries "Continuation" e depois de ter produzido nos últimos anos réplicas do Knobbly e de ter fabricado a Stirling Moss Edition (dez unidades vendidas, ao preço de um milhão de libras) a marca acaba de anunciar o lançamento do Lister Costin Continuation, modelo que procurará reproduzir o carro com que a marca participou no Mundial de Sport-Protótipos de 1959.
Os novos Costin seguirão os padrões do original, utilizando algumas peças ainda disponíveis, montando um motor que será uma réplica do seis cilindros Jaguar, debitando 337 cavalos.

Sendo vendidos, com passaporte FIA, ao preço de 350 mil euros (por mais 15 mil euros é feita a legalização para rodar em estrada), terão já em 2017 um troféu próprio, o Stiling Moss Trophy, com corridas em cinco eventos: Brands Hatch, Silverstone Classic, Donington Historic, Spa e, por fim, no Algarve Historic Festival, em Portimão.
Lister: o renascer de uma marca Lister: o renascer de uma marca Reviewed by Auto Vintage on 15.12.16 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.