Steve McQueen regressa



O mítico filme Le Mans em banda desenhada.

Volvidos mais de 45 anos sobre a sua estreia nos cinemas, a 23 de Junho de 1971, o filme Le Mans está de volta… em banda desenhada. Sob o título "Steve McQueen em Le Mans" os estúdios suíços Garbo acabam de lançar um volume de 64 páginas que volta a contar a história do personagem Michael Delaney, representado na película por Steve McQueen.
Não deixa de ser curiosa a justificação para o aparecimento deste livro, editado em inglês, francês, alemão e italiano. Ela é dada pelo seu responsável, Sandro Garbo: "a ideia surgiu-me num sonho, em que o próprio Steve me disse para o fazer".
Três anos de trabalho – reunindo uma equipa onde, para além de Garbo, também colaboraram os artistas Florian Afflerbach, Jared Barel, Julien Dejeu, Thomas Lebeltel, Guillaume Lopez e Pierre Ménard – e o resultado aí está, certamente para fazer as delícias dos apaixonados pelos carros e pelas corridas do início dos anos 70.
Não deixa de ser curioso, entretanto, que tendo sido o filme Le Mans – um projecto pessoal de McQueen, que dizia não saber se era "um actor que corria ou um piloto que representava" – um fracasso económico, aquando do seu lançamento (com mais de dois milhões de dólares de prejuízo), ao longo do tempo se tenha vindo a tornar um filão tão valioso.
Esta não é a primeira vez que Steve McQueen é "levado" para a banda desenhada. De 2015, há a sua biografia, no álbum  “Steve McQueen: Full-Throttle Cool”. Agora, e com um preço de venda ao público de €32, "Steve McQueen em Le Mans" pode vir a ter um superior desempenho financeiro do que o projecto original.







Steve McQueen regressa Steve McQueen regressa Reviewed by Auto Vintage on 14.12.16 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.