Rallye Vidreiro Histórico



Marques-Martins ao "sprint".

Terminou de forma emotiva o Campeonato Nacional de Ralis de Regularidade (CNRR). Não propriamente no que à luta pelo titulo absoluta dizia respeito, mas na disputa pelo triunfo no Rallye Vidreiro Histórico, que acabou por sorrir à dupla Paulo Marques-João Martins, em BMW 1600.
Nesta quinta e última prova do CNRR o foco principal ia para a luta entre João Vieira Borges-João Serôdio, em Porsche 911 Carrera 3.2, e a dupla Rui Pereira-Filipe Meneses, em Opel 1904SR. Estes últimos, porém, ao penalizares 60 segundos logo na primeira PEC deixaram o caminho aberto para o Porsche nº 1 viesse a controlar e a apostar em chegar ao final, o que garantiria o título a Vieira Borges e Serôdio, o que acabou por acontecer.
Num rali que no final da manhã era liderado por David Matos-Pedro Meixedo, em Peugeot 205 GTi, seria na  parte da tarde que a luta pela vitória no rali chegaria ao rubro.
No início da última "especial" Paulo Marques e João Martins tinham a mesma penalização do que os campeões nacionais de 2015, António Ramos-Ivo Tavares, no habitual VW Golf GTi.
No final da 16ª classificativa a diferença situou-se em cinco segundos, a favor da equipa do "eterno" BMW.

Com Vieira Borges-Serôdio a seguirem solidamente no terceiro posto, seguiram-se, no final, duas equipas que surpreenderam: João Paulo Martinho-Tiago Caio, em Ford Escort XR3, e Jorge Coelho-Francisco Fonseca, em Peugeot 205 GTi, quinto classificados, á frente da dupla Rui Pereira-Filipe Meneses.

Fotos de Rui Correia



António Ramos-Ivo Tavares
João Vieira Borges-João Serôdio

João Paulo Martinho-Tiago Caio
 Jorge Coelho-Francisco Fonseca
 Rui Pereira-Filipe Meneses

Rallye Vidreiro Histórico Rallye Vidreiro Histórico Reviewed by Auto Vintage on 28.11.16 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.