Ferrari 330 GTS “rei” no London Concours



Pandemia não travou um concurso de elegância “normal”.

Horas antes das autoridades do Reino de Sua Majestade ter descoberto que Portugal era um destino sanitariamente seguro, a capital do reino foi palco de mais uma edição do London Concours, que coroou um Ferrari 220 GTS como o “Best in Show”.
O jardins do Quartel-General da Companhia de Artilharia foram, como sempre, o palco escolhido para a edição deste ano do London Concours, uma reunião de elevada qualidade, que decorreu de forma normal.
Como dissemos, o Ferrari 330 GTS Spider, de 1967, foi eleito como o melhor do concurso, recebendo também o prémio da respectiva categoria, a dos Descapotáveis.
Com um plantel muito variado, os prémios das restantes categorias foram assim distribuídos:
A Perseguição da Velocidade: Jaguar XK120 FHC, Grande Marcas-Aston Martin: DB2/4; Grandes Marcas-Lamborghini: Espada: A Era dos Supercarros: Lamborghini Diablo VT; Marcas Desaparecidas: Facel Vega HK500; Velocidade na Areia: Ford V8 Streamliner Flathead V8; Lendas da Lancia: Lancia Stratos HF Group IV.
Não tendo competição entre eles, registe-se ainda a presença de dez exemplares do Ferrari Dino (todos diferentes), numa homenagem ao icónico modelo.

Foto: London Concours
Ferrari 330 GTS “rei” no London Concours Ferrari 330 GTS “rei” no London Concours Reviewed by Auto Vintage on 13.8.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.