Luzes, câmara, acção! – assim nasceu “Le Mans”



Rodagem do icónico filme com Steve McQueen iniciou-se há 50 anos.


Oito dias depois de terminada a 38ª edição das 24 Horas de Le Mans, os motores voltaram a ouvir-se no Circuito de La Sarthe. Foi nesse dia 22 de Junho de 1970 que, sob a direcção de Lee H. Katzin e tendo como protagonista principal Steve McQueen, começou a ser rodado o filme “Le Mans”, durante décadas a mais icónica película dedicada ao Automobilismo.
Em boa verdade, muitas das imagens depois utilizadas no filme foram recolhidas na própria competição, que terminou com o triunfo do Porsche 917 pilotado por Hans Hermann e Richard Attwood.
De facto, nos treinos, com o nº 28, participou um Porsche 908, confiado à equipa André de Cortanze-Dieter Spoerry-Rudi Lins, carregado de câmaras, para recolher imagens “por dentro”. Um automóvel que, meses antes, o próprio Steve McQueen, fazendo dupla com Peter Revson, levara à segunda posição nas 12 Horas de Sebring.
Um acidente impediu o nº 28 de alinhar à partida, no que foi o segundo revés para os produtores do filme. O primeiro foi a recusa, pela organização, da aceitação da inscrição do Porsche 917 com nº 26, que deveria ser pilotado pela dupla Steve McQueen-Jackie Stewart.
A produção teve de se adaptar, fazendo parecer que Steve McQueen conduzia o carro nº 20, que na realidade foi guiado por Jo Siffer e Brian Redman e que foi obrigado a desistir ao fim de 12 horas de corrida.
Num filme marcado pelo duelo entre a Porsche e a Ferrari – em que os automóveis destruídos eram réplicas, tendo por base chassis Lola T70 –, o 512 que aparece nas filmagens foi alugado ao representante belga da marca de Maranello.
Algo que também não estava previsto: inicialmente, os produtores pediram à própria Ferrari um 512 oficial. Enzo Ferrari pediu, então, para ler o guião e quando viu que, no filme, a Ferrari seria derrotada respondeu que só emprestaria o automóvel se o argumento fosse alterado… terminando com a sua vitória.
O desejo, como sabem todos os que viram o filme, não foi aceite.
Luzes, câmara, acção! – assim nasceu “Le Mans” Luzes, câmara, acção! – assim nasceu “Le Mans” Reviewed by Auto Vintage on 22.6.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.