Rota das Vindimas: diversidade e antiguidade



Rali da Regularidade (ainda com inscrições abertas) vai para a estrada a 13 de Setembro.


Ainda a dez dias do fecho das inscrições (a 6 de Setembro) e com o total dos que pretendem participar a já ter ultrapassado o número dos que alinharam na edição de 2018, está reunido um excelente parque automóvel para a próxima edição da Rota das Vindimas.
Com uma idade média dos modelos de mais de 50 anos, esta edição da Rota das Vindimas trará para a estrada muitos automóveis dos anos 50 e 60, proporcionando a quem acompanhe este rali reencontrar modelos que ultimamente poucas vezes se veem nas provas de Regularidade nacionais.
Neste momento, dos que já manifestaram a sua intenção de alinhar, há modelos de 16 marcas diferentes, sendo, como habitualmente, a MG a que terá mais presenças, logo seguida dos modelos das marcas Porsche e Alfa Romeo.
Face aos já inscritos, confirma-se que as Taças do Douro, os mais importantes troféus a atribuir na Rota das Vindimas – destinados aos três primeiros classificados da Geral Ponderada, em veículo de fabrico anterior a 1975 – terão este ano mais do dobro dos concorrentes do que nos anos anteriores.
Repartidos por quatro categorias FIVA – E, F, G e H –, com as respectivas classificações próprias, será certamente em torno da vitória nas Taças do Douro que se registará maior disputa, sendo que no plano teórico não faltam candidatos ao triunfo.
Como é habitual na Rota das Vindimas, às boas equipas nacionais somam-se excelentes duplas espanholas, uma vez que, mais uma vez, serão cerca de um terço os participantes vindos do país vizinho.
Rota das Vindimas: diversidade e antiguidade Rota das Vindimas: diversidade e antiguidade Reviewed by Auto Vintage on 27.8.19 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.