O aparecimento do Land Rover



Também a comemorar sete décadas o todo-o-terreno britânico.

Terminada a II Guerra, a indústria automóvel "disparou" em todas as direcções. Inclusive recuperando muito do que se tinha aprendido com o conflito. Foi assim que, em 1947, Maurice Wilks começou a trabalhar num novo projecto da Rover: um veículo todo-o-terreno, apresentado em 1948. O Land Rover.
Desenhador-chefe da Rover Company, Wilks, que contou com a colaboração do seu irmão Spenser, também ele quadro da Rover, desenvolveu na propriedade da família um veículo que se inspirava (e não só) bastante nos norte-americanos Jeep.
A primeira unidade, aliás, foi construída sobre um chassis Jeep, de quem também vieram os eixos, sendo o motor Rover. A sua filosofia manteve-se por décadas: de construção simples e muito resistente.
Apresentado ao público pela primeira vez a 30 de Abril de 1948, no Salão de Amesterdão, aquele que é hoje conhecido como um Serie I, apresentou-se na cor verde, que era exclusiva nos primeiros tempos de comercialização.
Um verdadeiro êxito, foi como arrancou a carreira do Land Rover, que no final do ano de lançamento já era exportado para todo o mundo.
Evoluindo ano após ano – a segunda série, com mudanças mais significativas, iniciou-se em 1958 – a denominação Land Rover manteve-se na marca que lhe deu origem (a Rover Company) até 1968, ano da integração no grupo Brithish Leyland).

Integrada no Rover Group em 1986, passando em 2000 a ser propriedade da Ford, em 2008, a par da Jaguar, foi adquirida pela Tata Motors, fazendo hoje parte da marca Jaguar Land Rover.
O aparecimento do Land Rover O aparecimento do Land Rover Reviewed by Auto Vintage on 4.1.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.