O Paris-Dakar de 1982



O dia em que a UMM se estreou à partida da grande maratona.


Dia 1 de Janeiro de 1982. Faz amanhã 37 anos. À partida de mais uma edição do Paris-Dakar compareceram pela primeira vez três automóveis de fabrico português. Começou então a aventura da UMM na grande maratona.
Cinco anos depois de iniciado o seu fabrico, os três jipes UMM que alinharam à partida da prova criada por Thierry Sabine tinham a bordo as duplas José Megre-Manuel Romão, Pedro Cortês-Joaquim Miranda e Diogo Amado-Pedro Villas-Boas.
Com 10 mil quilómetros para percorrer, 5.963 dos quais em "especiais", os 382 concorrentes que compareceram na Praça da Concórdia tiveram pela frente 14 etapas, chegando ao Rose Lake, em Dakar, a 20 de Janeiro.
No final e apesar de ser a primeira participação, os UMM portugueses chegaram todos ao final, com Megre-Romão em 45º, Cortês-Miranda em 46º e os acidentados Amado-Villas Boas em 90º, com o segundo a ter de conduzir após o acidente que impossibilitou o piloto de o fazer.

Nos dois anos seguintes a representação portuguesa voltou a marcar presença, sempre demonstrando a resistência do todo-o-terreno nacional.
O Paris-Dakar de 1982 O Paris-Dakar de 1982 Reviewed by Auto Vintage on 31.12.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.