Um Hispano-Suiza foi o mais valioso da Semana do Arizona



Todos os indicadores baixaram e o preço médio caiu 13%.


Chegou ao fim a Semana do Arizona (na realidade, dez dias de vendas) e os seus oito leilões. Percentualmente, venderam-se menos automóveis e movimentaram-se menos milhões, não se salvando o terceiro dos indicadores: o preço médio, que caiu 13%. Entre os Clássicos, o automóvel mais valioso acabou por ser um Hispano-Suiza, de 1932.
Há muito de pouco comum nos resultados globais do Arizona. De qualquer modo, é possível retirar algumas conclusões.
Para que o resultado global não viesse a ser pior, em muito contribuíram os chamados "charity cars", automóveis que são leiloados para gerar fundos para instituições de solidariedade. São normalmente automóveis actuais ou, até, futuros, como é caso do Lexus LC 500 Convertible de 2021, que ainda não começou a ser fabricado.
Particularidades do mercado norte-americano.
Depois, nesta Semana do Arizona, reforçou-se a tendência para começarem a movimentar o mercado o chamados pré-Clássicos, como é o caso do objecto da venda mais elevada em Scottsdale, o Ferrari F50, de 1995, vendido pela Gooding & Co. por 3.222.500 dólares.
Centrando-nos nos Clássicos, como dissemos, o mais caro dos licitados no Arizona foi o Hispano-Suiza J12 Dual Cowl Phaeton, de 1932 (também do catálogo da Gooding), vendido por 2.425.000 dólares.
O segundo mais caro foi o Tucker 48 Sedan, de 1948, vendido por dois milhões, e o terceiro o Ferrari 330 GTS Spider, de 1967, quase a chegar ao par de milhões.
Mais dois automóveis levados ao palco pela Gooding, facto que não evitou a queda nas vendas desta leiloeira, que em 2019 movimentou 48 milhões e este ano apenas 35.
Quem manifestamente vendeu mais foi a Barrett-Jackson – 137 milhões agora, face a 119 no ano passado –, muito em resultado de ter vendido 1.908 automóveis. Não por milhões, mas a um preço médio de 71 mil dólares, ou seja, também inferior a 2019.
Apesar de tudo isto, venderam-se 2.994 automóveis, dos 3.867 que eram oferecidos.



Um Hispano-Suiza foi o mais valioso da Semana do Arizona Um Hispano-Suiza foi o mais valioso da Semana do Arizona Reviewed by Auto Vintage on 20.1.20 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.