Neve "corta a meio" Monte-Carlo Historique



Franceses Badosa-Mogens, em Renault 8, mantêm liderança.


O Rally de Monte-Carlo é sinónimo de neve. Mas não tanta como este ano. A tal ponto que das 10 provas de regularidade que já se deviam ter disputado até ao final do dia de hoje apenas se realizaram seis.
A dupla francesa Michel Badosa-Reidl Mogens, em Renault 8, lidera desde a primeira das Zonas de Regularidade (ZR), tendo como principais opositores duplas italianas: Massimo Canella-Nicolas Arena, em Lancia Fulvia Coupé 1.3S e Alesio De Angelis-Sergio Sisti, em Fiat Ritmo 60.
Caso se venham a realizar as cinco ZR que ainda estão pela frente, muito ainda pode mudar no topo da classificação, de onde se encontram muito distantes as equipas portuguesas.
No final do dia de ontem, Piero Dal Maso-Sancho Ramalho estavam na 68ª posição, Pedro Black-Segarra Marques em 90º e António Lopes da Silva-José Carlos Figueiredo em 203º.

O navegador António Caldeira, ao lado do francês Jean-Pierre Verneuil, estava na 83ª posição e Carlos Tavares, com o pequeno Peugeot 104 ZS caiu para 216º.
Neve "corta a meio" Monte-Carlo Historique Neve "corta a meio" Monte-Carlo Historique Reviewed by Auto Vintage on 4.2.19 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.