Portugueses ao assalto do Monte Carlo



Três duplas nacionais (mais o "veterano" António Caldeira) estarão à partida da próxima edição.


Apesar de estarmos a mais dois meses do início da prova, o Rallye Monte Carlo Historique já mexe. E, em 2019, voltará a haver vários portugueses à partida.
De uma lista com 321 equipas, há três duplas nacionais: Pedro Black-José Segarra Marques, em Alfa Giulia Super, de 1973, Piero dal Maso-Sancho Ramalho, em Porsche 911 S 2.2, de 1970, e António Lopes da Silva-José Carlos Figueiredo, em Porsche 912, de 1967.
A estas duplas portuguesas, que partirão todas de Barcelona, há ainda a acrescentar a presença do "veterano" António Caldeira, que, há semelhança deste ano, volta a alinhar como navegador do francês Jean-Pierre Verneuil, num Renault 5 Alpine, de 1977 (com partida de Monte Carlo).
Como também é habitual, o português Carlos Tavares, CEO do Grupo PSA, volta a alinhar na prova, repetindo a experiência ao volante do pequeno Peugeot 104 ZS, de 1979.

O rali tem início a 30 de Janeiro, terminando a 6 de Fevereiro.
Portugueses ao assalto do Monte Carlo Portugueses ao assalto do Monte Carlo Reviewed by Auto Vintage on 23.11.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.