Toda a história de Le Mans




Classic arranca amanhã de manhã, com pilotos de mais de 30 países.


São centenas de automóveis em competição, de 1923 a 1981. Somam-se duas provas monomarca, os Grupo C (de 1982 a 1993) e, ainda) uma demonstração de automóveis mais recentes. As 55 horas de Le Mans (é esse o total do tempo do programa), ou melhor, a edição de 2018 do Le Mans Classic vai arrancar.
Será com uma demonstração, de 30 minutos, dos automóveis mais recentes que se iniciará o programa de 2018 do Le Mans Classic. Integrados no chamado Global Endurance Legends, a organização levará para a pista mais 50 automóveis, de 1990 e 2012, de máquinas icónicas, que já correram em Le Mans.
Só depois de iniciam os treinos de qualificação, para as nove grelhas que compõem a competição.
Haverá uma prova só para modelos Jaguar anteriores a 1966 (mais de 60 automóveis, com três pilotos portugueses, José Da Rocha e a dupla Carlos Barbosa-João Barbosa), outra para os Porsche anteriores a 1974 (80 automóveis na grelha, sendo o mais antigo um Pre-A de 1952) e a corrida reservada aos Grupo C (de 1982 a 1993), entre os quais Manuel Monteiro, num Porsche 962C, de 1990, partilhando o volante com o seu filho Michel.
Para além disto (o que já não era pouco…) haverá as seis tradicionais grelhas do Le Mans Clasic: 1923-39, 1949-56, 1957-61, 1962-65, 1966-71 e 1972-81.
Excepção feita às grelhas 1 e 3, haverá vários pilotos portugueses, alguns a participar em mais do que uma corrida.

Veja o teaser da Peter Auto

Toda a história de Le Mans Toda a história de Le Mans Reviewed by Auto Vintage on 5.7.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.