Clássico… ma non troppo



O Jaguar E-Type Zero do Casamento Real.

Foi notícia um pouco por todo a lado que o príncipe Harry e a agora sua esposa Megan tinham utilizado, após o casamento, um Clássico na sua deslocação para o jantar. Clássico… man non troppo.
Na realidade, Harry e Megan fizeram-se transportar no Jaguar E-Type Zero, protótipo apresentado pela marca em Setembro do ano passado, tendo por base um E-Type Serie 1/2, de 1968, de volante à esquerda.
Transformado pela Jaguar/Land Rover Classics, em Conventry, o tradicional berço dos Jaguar, o E-Type Zero, para além de todo o trabalho de restauro (e da inclusão de um tablier todo futurista), apresenta-se com um motor eléctrico de 220kW, equivalentes a 295 cavalos, que lhe possibilita uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 5,5 segundos, tendo uma autonomia de 274 quilómetros.
Segundo o fabricante, a transformação efectuada, que passou por retirar o motor e caixa de velocidades originais e colocar as baterias na bagageira, pode ser a qualquer momento revertido, voltando a devolver ao Jaguar E à sua condição original.
Certo é que a marca pensa que este poderá ser o caminho para "salvar" os Clássicos. Pelo menos é o que parece querer dizer quando afirma "com uma cada vez mais consciência dos problemas com o meio ambiente, desejamos que os nossos Clássicos tenham o futuro que merecem. E estamos a fazê-lo ao desenvolver esta transformação para a motorização eléctrica, mantendo o aspecto, a condução e os desempenhos característicos do veículos originais".
Será?

Veja o vídeo de apresentação



Fotos e vídeo: Jaguar Media
Clássico… ma non troppo Clássico… ma non troppo Reviewed by Auto Vintage on 22.5.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.