Clima morno no Arizona



Vedetas dos leilões ficaram por vender, e o preço médio subiu apenas 3% em um ano.

Dos 3176 automóveis constantes dos catálogos dos sete leilões da Semana do Arizona foram vendidos 2668. Entre os 16% que não encontram comprador contam-se vedetas como os Jaguar D Type ou o Mercedes-Benz que foi de Adolf Hitler.
Tendo movimentado um total de 247,8 milhões de dólares (face aos 259,8 milhões de 2017), o valor médio dos automóveis vendidos subiu para 92.887 dólares, o que representa um ganho de cerca de 3%.
Entre os automóveis de valor mais elevado continuaram a estar em maioria os Ferrari (o automóvel mais caro, vendido pela Gooding & Company, foi o  Ferrari 275 GTB Speciale Coupe, de 1965, que rendeu 8.085.000 dólares), colocando-se como segundo mais caro o Porsche 550A Spyder, de 1958, vendido pela Bonhams por 5.170.000 dólares.
Na última posição do "top ten" colocou-se um automóvel cheio de história: o Tucker 48 Sedan, vendido pela RM Sotheby's, por 1.792.500, automóvel pessoal do próprio Preston Tucker.
Clima morno no Arizona Clima morno no Arizona Reviewed by Auto Vintage on 22.1.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.