Outras "pérolas" para além do 250 GTO



Não faltam raridades nos leilões da Semana de Monterey.

A vedeta dos leilões da Semana de Monterey de 2018 é o Ferrari 250 GTO Scaglietti, de 1962, que consta do catálogo da RM/Sothebys e que se pensa possa ver a bater o recorde estabelecido pela Bonhams, com modelo idêntico, em 2014. Todavia, nos leilões da Califórnia não faltam outras "pérolas", bastante valiosas.
Também no catálogo da RM, neste caso de 1963, marca presença o Aston Martin DP215, automóvel único, que foi construído para correr as 24 Horas de Le Mans, tendo como pilotos Lucien Bianchi e Phil Hill.
Mais antigo (de 1956) é o Maseratti A6G Zagato, o 11º de uma série de 20, que correu uma das últimas edições da orginais Mille Miglia.
Já a estrela do catálogo da Gooding & Company é um Porsche 911… Spyder, automóvel modificado na época (1966) por Nuccio Bertone, de acordo com uma encomenda do representante da marca alemã na Califórnia, o mítico John von Neumann.
Destacando-se pela raridade, o Porsche 911 Spyder não é o mais valioso desta leiloeira, que vai vender, por exemplo, um Ferrari 166 MM/195 S (que foi guiado em diversas provas por Briggs Cunningham) e que deverá ultrapassar os sete milhões de dólares.
Como sempre bem servida de automóveis de origem britânica – lá estará à venda um Bentley 4 1/2 Litre Sports Tourer, de 1929 – a Bonhams não deixará de ter outros interessantes automóveis de outras proveniências, como o Alfa Romeo 6C 2500 Competizione, o único sobrevivente de uma série de três e que deverá ser vendido por mais do que três milhões de dólares.
Também com propostas bastantes interessantes e a preços mais reduzidos, na Semana de Monterey estarão também incluídos dos leilões da Mecum, Woldwide Auctioneers e da Russo & Steele.


Outras "pérolas" para além do 250 GTO Outras "pérolas" para além do 250 GTO Reviewed by Auto Vintage on 20.8.18 Rating: 5

No comments:

Ad

Powered by Blogger.